06/06/2017

A importância de comprar do pequeno empreendedor e ir contra o trabalho escravo

Imagem via Estúdio Tatu
Recentemente, o site Pequenas Empresas & Grandes Negócios postou sobre grandes empresas que usam trabalho escravo ou trabalho onde a pessoa recebe muito menos do que o necessário para viver... enfim, vocês sabem do estou falando, pois com tanta facilidade de informação, é cada vez mais comum lermos sobre isso na internet.
No post fala sobre o fato de mesmo com tantas "leis" as coisas não funcionam, empresários ainda preferem ter uma lucratividade maior do que seguir as leis, e sim, isso é por causa da falta de impunidade no país, que sabemos que acontece muito.
Infelizmente, a indústria têxtil é um dos ramos que mais utilizam trabalho escravo por causa da lucratividade. Basta pesquisarmos um pouco no Google que já vemos tantas e tantas notícias.
Isso acontece no mundo da moda porque "uma grande marca acaba contratando uma empresa externa para confeccionar as peças e essa empresa fecha um acordo com uma outra fábrica para realizar essa produção. Dessa forma, é na base da pirâmide que são encontrados trabalhadores vulneráveis."
Esse é um trecho retirado do site porque era impossível eu passar essa mensagem de maneira tão verdadeira. 
Existem casos bem famosos sobre isso, empresas grandes, pessoas muito ricas que ganharam dinheiro em cima desses funcionários, e simplesmente a sociedade abafa o caso, não fala mais nisso e continua comprando dessas marcas.
Muitas pessoas que gostam da minha loja sabem como é difícil trabalhar com peças feitas em pouca quantidade e prezam pelo trabalho dessas pessoas. 
No meu caso, sou eu mesma que faço todas as etapas da produção das peças. É claro que é impossível trabalhar de maneira 100% correta nos dias de hoje, onde não sabemos de onde as coisas vêm, mas eu procuro comprar meus materiais de pequenas empresas, para ajudar pessoas que trabalham como eu também. É difícil? Claro que sim, mas se todas fizermos o mínimo que podemos, pode melhorar.
Eu já li muitos posts de "blogueiras alternativas" sobre como peças feitas da mesma maneira que eu faço são caras e ainda usam a palavra "abusivo" para falar do valor delas. Bem, eu vou contar a verdade para vocês, se eu cobrar menos do que eu cobro pelas minhas peças, eu vou sair perdendo muito, mas muito mesmo... pois como faço peças em pouca quantidade comprando de lojas que não são grandes, o material é muito mais caro, daí tem o meu trabalho, os gastos que tem todo mês e o lucro para investir na empresa e ela não acabar... isso está tudo ali, mas ninguém pensa nisso, só pensam em como vão investir para comprar uma roupa de $5 nova com frete grátis.
É, porque não é possível que alguém pense outra coisa. Então, eu quero deixar essa ideia para vocês: Comprem de um pequeno empreendedor, de alguém que faz o produto, que tem amor pelo que faz, que fica pulando de alegria porque outra pessoa comprou e fica mais feliz ainda quando essa pessoa veio dizer que amou o que recebeu. 
Isso é lindo e não é difícil, é só tentar. Garanto que se você comprar uma vez de uma loja que faz as próprias peças, você não vai querer mais parar de fazer isso. Eu sou um exemplo disso, não posso entrar no site do Elo7 que já quero tudo, hahaha!

10 comentários:

  1. Eu adoro visitar feirinhas onde tenham pequenos produtores...seja feirinhas de roupa, comida, sapato, acessórios. Dá pra ver que os produtos são muito mais originais e feitos com muito mais dedicação. Acho super importante valorizar o mercado nacional.


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhh perdi meu comentário =( tentar escrever ele de novo ahahah

    Eu gosto desse tipo de matéria porque muitas pessoas não entendem os motivos de uma roupa (ou outra peça artesanal em geral) feita à mão ter tal valor mas, às vezes, é pura falta de perspectiva mesmo, de ver o outro lado da moeda :) espero que aos pouquinhos todo mundo se conscientize e faça escolhas pensando em outros fatores também!

    ResponderExcluir
  3. Entendo bem desse assunto, o que devemos sempre compartilhar é a ideia de consumo consciente. Não so pelo trabalho escravo como também a quantidade absurda de lixo gerada pela industria da moda. Eu adoro lojas como a sua, porque além de tudo é possivel ter peças unicas, o que pra mim vale mais do que andar com uma camiseta onde a unica estampa é a propria marca, também amo comprar em brechos ♥
    Adorei seu post!

    WWW.CUBODEACUCAR.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, bem lembrado essa parte também! gosto de sites que vedem coisas usadas também <3

      Excluir
  4. Que postagem maravilhosa, Jessica, e me remeteu a tantas coisas que todo universo da moda engloba, sabe. Sempre acreditei em moda como uma expressão artística, no qual sempre me atraiu interesse e olhares, mas o grande complexo hipócrita que está inserido no meio é inegável. A troca de couro por material sintético. O "couro ecológico" que não passa de PVC, e até os relatos de muitas empresas irem até a Vinte e Cinco de Março comprar bolsas de festas por lá, e re-vender por sete, oito vezes mais caro. Um mundo de ilusão até mesmo para os consumidores. A criação está praticamente extinta. O mercado nacional e pequenos produtores são esquecidos. As cópias descaradas, produtos da China a U$ 5 dólares, colocados para vender em lojas famosíssimas e até internacionais por preços de fato ABUSIVOS, enquanto isso? O mercado interno sofre. A mão de obra aqui é considerada cara, pois é impossível competir com o preço dos produtos da Ásia e China por ex. Adorei a postagem e você me tira cada dia mais admiração pela sua marca e seu blog espero poder ver ambos crescerem cada vez mais!

    Glasya Gremori
    http://carpenocctem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessa pelo assunto, realmente, tem outras coisas que acontecem que são bem tristes, hehe!

      Excluir
  5. Realmente o polo da moda é um leão que traga muitos sonhos. Eu trabalho nesse ramo e sei bem como funciona. Infelizmente não consigo ver coisas boas para esse futuro. De qualquer forma vou fazendo a minha parte. Obrigada pela visita ao meu blog e muitos beijos!

    https://jessikinhacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir